top of page

Unidade de Planta Química

Localizada no município de Divisa Alegre, a cerca de 180 km da unidade de Mineração, na Planta Química, o concentrado de espodumênio é convertido em compostos químicos de lítio de alta pureza. Utilizamos a rota ácida – a mesma utilizada majoritariamente pelos produtores mundiais – com adaptações e melhorias desenvolvidas internamente pelo nosso setor de pesquisa e desenvolvimento (P&D).

O processo de obtenção dos compostos químicos passa por várias etapas em diferentes áreas: 

  • Pirometalurgia – É nessa área onde todo o processo se inicia. O concentrado de espodumênio é calcinado e sulfatado com ácido sulfúrico. Por ser uma etapa altamente consumidora de energia, continuamente buscamos reduzir o uso de combustíveis fósseis, maximizando o uso de biomassa e energia hidrelétrica;

  • Carbonatação – Nessa etapa, a solução de lítio, após lixiviação e filtragem, reage com o carbonato de sódio formando o carbonato de lítio;

  • Refino – Área onde o carbonato de lítio passa por diversos processos como filtragem, purificação físico-química, centrifugação, bicarbonatação e troca iônica, atingindo os diferentes níveis de pureza exigidos em cada um dos produtos de nossa linha.​​

planta_quimica50.jpg

Planta Química

A partir do carbonato de lítio, produzimos o hidróxido de lítio mono-hidratado por meio de processos de centrifugação, cristalização e reação com óxido de cálcio. 

Todos os produtos passam por secagem e embalagem antes de serem vendidos para o mercado nacional e internacional.

 

Um dos coprodutos gerados em nosso processo é o sulfato de sódio anidro, produto químico vendido para indústrias de diversos segmentos, como os de papel, vidro, couro, tecido, entre outros.

mina1.jpg
!
bottom of page